quarta-feira, maio 27, 2015

Hoje a poesia se cala as palavras foram regadas com lágrimas... perder alguém nunca está nos planos...

sábado, maio 23, 2015

Decidido, despecam-se do antigo eu, do meu ombro amigo, de meus conselhos, Da minha companhia... nem sempre bem vinda! A partir de agora recolho meus pedacinhos e parto em carreira solo, em otima companhia... comigo mesma!

sexta-feira, maio 22, 2015

Não procuro mais ninguém... apenas o silêncio... para me dar alento e assim esquecer do sofrimento.

quinta-feira, maio 21, 2015

Às vezes é preciso fazer a alma descansar... afastando-se do mau... do mal... de tudo...pra receber o seu real valor

quarta-feira, maio 20, 2015

O desânimo escureceu a minha visão poética... Tudo ficou sem graça e sem cores...

terça-feira, maio 19, 2015

Acredito o fracasso rondando meu ser... já não me sinto bia filha companhia...amiga...profissional... Não sei mais o que pensar nem como sair desse poço cada vez mais sem fundo...

domingo, maio 17, 2015

Frio com ele a sensacao de que tudo parou... Ate meu coracao bate mais devagar...