segunda-feira, julho 30, 2012

Todo mundo quer saber o que eu sinto quando escrevo.
Vamos lá:
dor;
frustração;
desânimo;
incapacidade;
desgosto;
tristeza;
falta de carinho...
Para começar.
Não que eu tenha vontade de morrer...
não é isso.
É que me pego pensando nas injustiças cometidas
e a minha inércia em reagir.
Isso acaba se transformando nestas letras que vocês apreciam...

Postar um comentário